Osteoporose e fraturas por fragilidade óssea

Especial Saúde

A dor relacionada a fragilidade mecânica do osso e a ocorrência de fraturas provocadas por pequenos movimentos, ou, mais comumente, pelas quedas da própria altura, trazem grande comprometimento à qualidade de vida do paciente.


Considerada uma doença silenciosa, a osteoporose é responsável pela fragilidade mineral óssea e se relaciona diretamente aos quadros de dor e fraturas por pequenos traumas.

Estudos indicam que no Brasil, nos próximos trinta anos, ocorrerá uma fratura de quadril a cada três minutos devido à osteoporose. Além do quadril, fraturas do punho e das vértebras também se associam diretamente à fragilidade do osso.

A osteoporose tem várias causas, porém o aumento da expectativa de vida da população nos chama mais a atenção. Em nosso país, a cada três fraturas de quadril, em apenas uma é feito o diagnóstico de osteoporose, e um número menor ainda destas receberá  algum tratamento. Fraturas propiciam consequências, algumas graves, como dores crônicas, diminuição de mobilidade articular, perda de função e diminuição na qualidade de vida, por isso a importância de evitá-las.


Prevenção é o caminho

A avaliação é altamente indicada para prevenir a osteoporose e é feita de acordo com sexo e idade e , principalmente para aqueles indivíduos que apresentem algum fator de risco, como uso de corticoides, histórico familiar de fraturas por osteoporose, doenças reumáticas, tabagismo, consumo excessivo de álcool, exposição solar insuficiente, doenças crônicas e o uso de certos medicamentos. Este rastreamento é feito através de avaliação clínica, exames laboratoriais e densitometria óssea, exame que quantifica a massa óssea presente em determinadas regiões do corpo. Desta forma, poderemos estimar o risco individual de ocorrer uma fratura nos próximos anos e indicar o tratamento adequado.

Todas as pessoas que sofrem uma fratura por um trauma pequeno como por exemplo, uma queda de um ponto equivalente à sua própria altura, devem ser avaliadas. Cuidados Manter o ambiente seguro para evitar quedas, instalar corrimões em casa, utilizar calçados antiderrapantes, cuidar das irregularidades no chão e dos tapetes, ter uma boa luminosidade e fácil acesso aos interruptores de luz, além de manter os óculos com grau atualizados, são fatores simples e preventivos à ocorrência destas quedas.


 Movimente-se

Os exercícios físicos são importantes para melhorar a força muscular e o equilíbrio, tanto para evitar quedas quanto para estimular a formação óssea, devendo estes serem adequados a cada paciente em particular.


Se diagnosticada, a osteoporose deve ser corretamente tratada. Estão disponíveis no mercado várias classes de medicamentos que restabelecem a resistência óssea e reduzem o risco de fraturas. O acompanhamento profissional é fundamental na orientação e prevenção, além de instituir o tratamento adequado nos quadros de dor (através de novas técnicas disponíveis em clínicas especializadas) assim como o tratamento da patologia e suas possíveis consequências.








Autor: GMI
Fonte:
tags: osteoporose, fraturas, fragilidade.
hair wigs remy hair extensions cheap hair extensions human hair wigs