Tudo acaba em pizza...

Sexta à noite e um bom filme na televisão, combinam com o quê? Você chega tarde em casa, cansado e faminto, e encontra a geladeira vazia. O que comer? Amigos reunidos em casa e ninguém está afim de cozinhar. Qual é a solução?


Se todas as respostas foram “pizza”, parabéns! Você faz parte do enorme grupo de fãs de um dos pratos mais democráticos de toda a culinária.

Uma massa sequinha, coberta com molho de tomate e um recheio da sua preferência: estes são os ingredientes básicos da receita que conquistou o paladar brasileiro.

Hoje Brasil é um dos maiores consumidores de pizzas no mundo, superando até mesmo a Itália.

A pizza cai bem em qualquer refeição, quem nunca comeu uma pizza no café da manhã em um sábado preguiçoso? A pizza é a companheira ideal para estes momentos.

Um dos motivos pelo qual a pizza é conhecida mundialmente foi o fato da rainha da Itália – Margherita Di Savoia, ter adorado a pizza criada pelo pizzaiolo –  que a batizou de Margherita, e, consequentemente foi transformada num dos pratos mais conhecidos e populares da culinária italiana. Outro importante fator que fez a pizza ter tanta aceitação no mundo foi acombinação da massa fermentada com dois ingredientes: tomate e queijo mozarela de búfala.

E foi graças à imigração italiana em todo o mundo, que a pizza chegou aos dias de hoje como um alimento tão consumido.  A pizza chegou ao Brasil no século 19, no litoral de São Paulo onde desembarcavam a maior parte dos imigrantes vindos ao Brasil.

De mussarela, napolitana, portuguesa,  calabresa, ou alguma outra opção das centenas que existem, cada um tem uma pizza favorita. Ela faz parte do nosso dia-a-dia, sendo uma das comidas mais populares do mundo.


Curiosidades

“Acabar em pizza”

Você sabe de onde vem a expressão usada quando alguém quer dizer que algo não vai dar em nada? De acordo com o livro O Guia dos Curiosos, ela surgiu na década de 50, no clube de futebol Palmeiras. Após grande discussão durante uma reunião, os diretores decidiram deixar a confusão de lado e foram juntos a uma pizzaria.

 

Pac-man

Uma pizza com uma fatia faltando serviu de inspiração para Tohru Iwatami, designer de jogos da Namco, do Japão, em 1980. Nascia assim um personagem clássico dos games, o Pac-Man.

 

Por que forno a lenha?

Fornos a lenha são a melhor forma de assar e conseguir da pizza o seu melhor sabor. A temperatura do forno, quando bem operado, mantem-se perfeita, para que a pizza fique pronta rapidamente, assando a massa por inteiro e deixando os ingredientes no ponto ideal para o consumo. Além, é claro, de conferir um sabor e cheiro próprios, característicos da exposição à queima da madeira.


Sobrou pizza?

A pizza esfriou? Sobrou aquele maravilhoso pedaço para ser comido no café da manhã? Esqueça o forno e o microondas, para ter sua pizza novamente saborosa e crocante, basta dar uma pincelada de azeite na frigideira, em fogo médio e colocar a pizza, sem virá-la ou tampar a panela. Em dois, três minutos a pizza estará rejuvenescida e novamente crocante com o queijo macio e irresistivelmente derretido.

 

Dois sabores na mesma pizza é coisa de brasileiro...

Muitos turistas europeus quando entram em uma pizzaria brasileira e descobrem que podem pedir mais de um sabor em uma mesma pizza se surpreendem.

... e o rodizio de pizza também

Em 1976, com a proposta de cobrar do freguês um terço do valor de uma pizza para que ele comesse à vontade quantas fatias conseguisse, o empresário Sérgio Della Crocci criou, no Pari, um distrito da região central de São Paulo, o primeiro rodizio de pizza do mundo.

Autor: GMI
Fonte: GMI
tags: pizza, curiosidades, fastfood
hair wigs remy hair extensions cheap hair extensions human hair wigs