Congelamento de óvulos: entenda como funciona

Ginecologia

A biologia pode ser cruel para as mulheres que querem adiar a maternidade, por conta do envelhecimento dos óvulos que se dá a partir dos 35 anos e do aumento das chances de uma gravidez de risco. Mas a ciência entra em cena para dar mais tempo ao famoso relógio biológico com o congelamento dos óvulos.


-Toda mulher pode congelar?
Sim, desde que não tenham entrado em processo de tratamento de câncer. Neste caso, especialistas sugerem que o congelamento seja feito antes do ciclo medicamentoso, que atinge as células germinativas, aumentando o risco de infertilidade.

Como funciona o procedimento?
A primeira fase começa junto com a menstruação da paciente, que recebe uma injeção diária de hormônios estimulantes da ovulação, durante dez dias ininterruptos. A aplicação é subcutânea e feita na região do abdômen. Via de regra toda mulher produz um óvulo por mês. Com o estímulo, a quantidade sobe para 15. A segunda etapa acontece dois dias depois e envolve uma punção sem cortes, realizada por meio de um ultrassom vaginal. Nesta fase, os óvulos são aspirados e, em média, oito deles são congelados. O processo todo leva duas semanas.

- A coleta
O procedimento é realizado na clínica de fertilização e a paciente é liberada no mesmo dia da punção. O médico usa anestesia, mas por se tratar de um procedimento simples, não há a necessidade de entubação. A técnica é indolor, mas algumas mulheres chegam a ter cólicas leves e pontuais após a coleta.

- Idade ideal
A idade Ideal para congelar óvulos coincide com o melhor período de fertilidade da mulher. Ou seja, entre os 20 e 35 anos, pois antes dos 20 a fertilidade não está plenamente desenvolvida e após os 35 a qualidade dos óvulos começa a ser menor.

- As chances
As chances de gravidez da mulher variam de acordo com sua idade, este aspecto está principalmente relacionado à idade do óvulo. Aos 25 anos as chances de engravidar de forma natural a cada mês são de 25%, aos 30 as chances se reduzem a 22%, aos 35 a 12%, aos 40, a possibilidade de engravidar naturalmente gira em torno de apenas 5% e aos 45 anos há somente 1% de possibilidade de engravidar. Ao utilizar óvulos congelados, as chances de sucesso do tratamento de reprodução humana serão estimadas a partir da idade em que os óvulos foram congelados.

Quanto custa?
O valor costuma ser alto. A estimulação hormonal, vitrificação e fertilização dos óvulos custam entre 8.000 e 15.000 reais, a depender das etapas realizadas e da clínica escolhida. Além disso, é importante ainda desse desembolsar uma espécie de aluguel para manter os óvulos congelados no laboratório. A taxa anual custa, em média, 900 reais. Caso você queira aderir ao congelamento de óvulos, procure seu (ua) ginecologista e faça uma avaliação prévia.

Autor: GMI
Fonte:
tags: óvulos, congelamento, maternidade.
hair wigs remy hair extensions cheap hair extensions human hair wigs